Afinal, como lidar com a pressão no trabalho?

A pressão no trabalho sempre esteve presente no nosso dia a dia. Entretanto, fatores como a crise financeira, o aumento da concorrência e a grande qualificação profissional acabaram intensificando a questão nos últimos anos. Com isso, muitas pessoas têm sucumbido à ameaça e vêm perdendo produtividade gradativamente.

Se você está em uma boa posição no mercado de trabalho, sabe do que estamos falando. Então, como lidar com toda essa pressão e manter sua performance em alto nível?

Não é uma pergunta fácil de responder. O desemprego cresceu de forma assustadora e você, muito provavelmente, deve conhecer algumas pessoas do seu círculo de amizades que foram demitidas ou enfrentam dificuldades para se recolocar no mercado.

Mas não é só do medo do desemprego que vem a coação. A competitividade do mundo corporativo exige que os profissionais se desdobrem devido ao cumprimento de metas audaciosas, aumentando o esforço necessário não só para permanecer na ativa, mas também para conquistar novas posições.

Tudo isso gera uma enorme pressão, com a qual você precisa lidar. Para tentar ajudá-lo, preparamos alguns conselhos que podem ser úteis nessa batalha.

Busque capacitação constante

Para enfrentar uma concorrência qualificada, a melhor receita é buscar o seu próprio aperfeiçoamento. Por isso, não se acomode com seus conhecimentos e esteja sempre pronto a aprender mais.

A boa notícia é que não faltam cursos de especialização voltados para todos os níveis de ocupação. Mas, antes que você saia se matriculando, é importante saber que não adianta nada fazê-los apenas para incluir uma informação a mais no seu currículo.

É preciso ter foco e direcionamento de carreira, e é disso que vamos tratar no próximo tópico.

Tenha um foco para a sua carreira

Planejamento é a palavra-chave para quem quer lidar com a pressão no trabalho. Se a pessoa tem um direcionamento de carreira preciso e bem-elaborado, enfrenta os problemas com mais tranquilidade, já que sabe que eles farão parte do contexto.

Mas o que é planejar sua trajetória? Em primeiro lugar, é preciso saber aonde quer chegar. Qual é a posição desejada: um cargo de liderança? Um posto acadêmico? Um emprego público? Para cada objetivo, existe uma capacitação diferente.

Se você optar, por exemplo, em focar o alcance de um cargo executivo, precisa buscar um curso que dê base de conhecimento e gere networking. Nesse caso, a melhor solução é procurar um MBA, de preferência realizando um dos estágios no exterior.

Se quiser ser professor — outro exemplo de carreira que tem sido muito procurada —, pode investir em um mestrado e, posteriormente, em um doutorado da área na qual deseja atuar.

Essas são apenas duas dicas, mas servem para ilustrar o quanto o direcionamento de carreira é importante. Caso esteja com dificuldades em encontrar o caminho, procure ajuda com um trabalho de coaching, muito utilizado por diversos profissionais atualmente.

Seja transparente com seus líderes

Se a pressão está se tornando insuportável a ponto de fazê-lo perder produtividade, talvez esteja na hora de conversar com seus líderes.

Muitos profissionais guardam um certo receio de ter esse tipo de conversa, por acreditarem que isso fragiliza a relação hierárquica. Mas é justamente o contrário. A falta de transparência e a ausência de abertura para diálogos importantes é que acabam distanciando os funcionários dos líderes e contribuindo para a perda de desempenho e até eventuais demissões.

Muitas vezes, a ameaça é um fenômeno acumulativo. Ou seja, ela já vem dos escalões altos: passa pelos superiores e chega até o funcionário de nível hierárquico mais baixo. Portanto, se você está se sentindo pressionado, saiba que o seu chefe direto provavelmente está na mesma situação.

E é justamente por isso que a transparência se torna importante. Ciente do quanto a pressão pode afetar o trabalho, seu líder chega a propostas concretas junto com você, tentando encontrar formas mais saudáveis de lidar com as questões inerentes ao seu cargo na organização.

Tape os ouvidos e a boca para as fofocas

Muitas vezes a pressão nem vem tanto dos superiores, mas sim de você mesmo. E a cobrança que se impõe pode derivar da insegurança gerada pelo excesso de fofocas de corredor.

A chamada “rádio-peão” está presente em todas as empresas e consiste basicamente no agrupamento de funcionários que, sem muitas informações concretas, passam a especular sobre todos os temas possíveis.

Participando disso, você pode entrar no turbilhão de fofocas, que geram situações hipotéticas sobre demissões, cortes, cancelamentos de projetos, entre outros assuntos.

O ideal é se afastar dessa rede, tanto para a sua saúde quanto para a sua imagem profissional. E, novamente, aposte na transparência. Se tiver qualquer dúvida a respeito de assuntos relacionados à empresa ou ao cargo, pergunte diretamente ao seu chefe imediato.

Drible a pressão no trabalho com válvulas de escape

A vida não pode ser somente dedicada ao trabalho. Mergulhar excessivamente nos seus projetos corporativos acaba gerando uma enorme pressão, o que não é nada bom para a sua produtividade.

Portanto, se você tem características de workaholic, talvez esteja na hora de encontrar atividades alternativas, que sirvam como válvulas de escape.

A primeira sugestão é o esporte. Praticar uma modalidade que você gosta, uma ou duas vezes por semana, serve para relaxar e ainda cuidar da própria saúde.

Além disso, invista em programas durante o final de semana, junto com a família e os amigos. Ir a jogos de futebol, frequentar restaurantes e marcar encontros na casa de amigos podem ser boas saídas para lidar com a tensão do dia a dia.

Caso você se sinta bem quando está sozinho, uma dica é procurar filmes ou séries interessantes, que não tenham a ver com seu emprego. Atualmente, a oferta é bastante ampla.

Como você viu, existem muitas formas de lidar com a pressão no trabalho. O importante é que você saiba que esse é um fenômeno natural e que faz parte da rotina profissional de todos, hoje em dia.

E se você está precisando de recomendação para inovar no seu ambiente de trabalho, baixe este e-book e veja algumas maneiras valiosas de motivar sua equipe a desenvolver melhor os projetos da área. Boa leitura!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"