Entenda a relação entre o diploma de MBA e os cargos executivos

Quando o assunto é recrutamento de novos profissionais, o mercado de trabalho tem se mostrado cada vez mais exigente. E para aqueles que sonham em assumir um cargo executivo em uma grande empresa, é preciso ir ainda mais longe: além de comprovar uma vasta experiência na área de atuação, também é fundamental possuir um diploma de MBA, do inglês, Master of Business Administration (Mestre em Administração de Negócios).

Como você já deve saber, hoje em dia possuir uma graduação já não significa uma vantagem competitiva e, em alguns casos, até mesmo a pós-graduação já foi superada. Como a seleção de executivos busca por pessoas diferenciadas, que apresentem fortes habilidades gerenciais e uma visão estratégica para os negócios, o processo costuma ser bastante acirrado.

Por esse motivo, os candidatos a esses cargos precisam se preparar muito bem para conseguir algum destaque na seleção. Além de buscar a capacitação mais adequada para ser um executivo, também é importante conhecer as atividades que esse profissional desempenha em seu dia a dia de trabalho.

Mas, afinal, o que faz um executivo?

De forma geral, o executivo é o profissional que desempenha funções gerenciais complexas e de alta importância dentro de uma empresa. Para que essas atividades sejam realizadas com sucesso, é necessário que o executivo possua um vasto conhecimento sobre a sua área de atuação, embora não seja exigida uma formação específica para ser um executivo.

Apesar de não haver uma exigência sobre a formação, um executivo deve ter — além de uma experiência profissional notável — múltiplos conhecimentos e habilidades que estejam relacionados à gestão de negócios, à gestão de pessoas e à liderança. Pensar analiticamente e ter uma visão estratégica apurada também são pré-requisitos para essa função.

É possível encontrar um executivo atuando em inúmeros segmentos do mercado, desde as áreas de mineração até a produção de veículos e alimentos, por exemplo. Por ser um profissional muito versátil, o executivo também pode estar ligado a diversos setores de uma organização, como é o caso das áreas de Recursos Humanos, Administração, Comunicação, Finanças, Projetos, Planejamento e Desenvolvimento, entre outros.

Como um diploma de MBA pode ajudá-lo a ser um executivo?

A proposta de um curso de MBA é, justamente, formar profissionais que estejam aptos a trabalhar em cargos de liderança em grandes empresas e até mesmo em multinacionais.

A capacitação oferecida por um curso de MBA contempla uma série de ferramentas técnicas, que servirão de suporte para que os futuros executivos possam tomar as melhores decisões quando estiverem atuando em suas respectivas empresas.

Além dessas ferramentas técnicas, que visam subsidiar os aspectos mais burocráticos da profissão de um executivo, a formação em MBA também ajuda a preparar o lado comportamental desse profissional. Ou seja, existem disciplinas e estudos dentro do curso cujo objetivo é desenvolver qualidades importantes para que o aluno se torne um gestor de negócios de sucesso.

A formação em MBA também pode ser destinada a profissionais que desejam se atualizar sobre as novas técnicas de negociação vigentes no mercado, e também para aqueles que buscam um ambiente propício para a troca de experiências sobre liderança, negócios e gestão.

Um diploma de pós-graduação tem a mesma validade que um diploma de MBA?

Não. Um diploma de pós-graduação pode ser obtido para qualquer área do conhecimento, como Ciências Biológicas, Matemática ou História, por exemplo. Por outro lado, o diploma de MBA é focado na área de negócios, já que o objetivo do curso é transformar o aluno em um executivo. Para tanto, ao longo da formação são desenvolvidas diversas competências relacionadas à gestão, à liderança, à organização, ao planejamento e às negociações.

Um outro diferencial da formação em MBA é que ela também oferece ao aluno a possibilidade de entrar no mundo dos negócios por meio de uma rede de contatos criada durante o curso. Isso pode, inclusive, ser um fator determinante para o sucesso do profissional no mercado de trabalho, já que muitas oportunidades podem surgir desse networking.

Como ter o melhor diploma de MBA?

Atualmente, existem muitos cursos e especializações que prometem oferecer uma formação diferenciada ao aluno. Contudo, para que o executivo seja valorizado pelo mercado de trabalho, é preciso procurar as melhores universidades e obter o maior aproveitamento possível das disciplinas oferecidas pelo MBA.

Antes de se decidir por um curso de MBA, é preciso que o aluno pondere algumas questões, como:

a) O curso oferece o que o aluno está buscando?

b) A instituição possui credenciamento e é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC)?

c) Quais são as especialidades dos professores? Eles atuam no mercado como executivos?

d) Qual é a grade curricular oferecida pelo curso?

Esses são, de modo geral, os pontos principais a serem avaliados para a busca de um bom curso de MBA. É fundamental também considerar as expectativas do aluno com relação à formação e avaliar se a instituição poderá atendê-las.

O caminho para se tornar um executivo de sucesso é relativamente longo e, como essa jornada precisa ser muito bem construída, a escolha da instituição de ensino é uma etapa que merece bastante atenção.

Além de analisar qual é o currículo oferecido, quem são os professores e se a instituição é conceituada no mercado e reconhecida pelo MEC, o candidato a um curso de MBA precisa também estar por dentro das habilidades que um executivo deve ter para ser bem-sucedido.

Um executivo precisa ser, primeiramente, uma pessoa com aptidão para gerenciar, liderar e negociar. Em seu dia a dia, esse profissional deve conhecer, com bastante profundidade, a área em que atua e também os procedimentos particulares a esse setor. O executivo também precisa aplicar sua visão estratégica para identificar novas oportunidades, bons negócios e tomar decisões mais assertivas.

Se o aluno possui essas características básicas e opta por uma instituição renomada no mercado, terá grandes chances de sair do curso com muito mais que um diploma de MBA. A sua formação comportamental e técnica serão a sua maior vantagem competitiva no mercado de trabalho.

Se você gostou deste artigo, compartilhe-o com os seus amigos nas redes sociais. Quem sabe ele não será útil para mais alguém?

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"